terça-feira, 28 de julho de 2009

Lamparinas

Faltou luz e você vai ter que acender algumas velas?Ou vai rolar uma festinha em casa, e você quer criar um clima aconchegante?Ou está afim de economizar velas e a mãe natureza?Que tal usar uma tecnologia milenar, a das lamparinas de óleo?

Você vai precisar de uns vidros de geléia, desses pequenos.Ou de qualquer vidro pequeno com tampa rosqueada.E para fazer o pavio, um cordão que se chama rabo-de-gato, que você compra em qualquer bazar ou armarinho e óleo de cozinha, pode ser de soja, de girassol, de milho, de canola (para um foguinho mais diet rsrsr), só tem que ser óleo novo, sem ter sido usado...

Com cuidado, faça um furo na tampa, o suficiente para passar o cordão.

Com o cordão previamente encharcado de óleo, atravesse-o na tampa, deixando uma ponta para fora.

Importante: não encha de óleo o vidro todo, deixe uma área de uns dois dedos livre.Porquê? Porquê sim, é necessário esse espaço de "respiro", até para não manter o óleo muito perto do calor da chama em si...afinal, queremos fazer uma lamparina e não um coquetel molotov rsrsrsr

E tchananamm: uma lamparina á oleo, sucesso e eficiência desde os antigos sumérios, egípcios, chineses e outros povos antiguésimos.
Claro que é legal achar uns vidros com um formatinho bacana, diferente, dar uma passada de bombril na tampa para apagar coisas escritas ali, tirar o rótulo do vidro, dar um toque pessoal na lamparina com uma pinturinha ou detalhe no vidro...invente, tente, faça diferente rsrsrsrsr

15 comentários:

  1. MUITO BOMMM!!!!
    ADOREI,UM CHARME A MAIS P NOSSAS FESTINHAS NA VARANDA...
    BJS!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal Flavio, adorei a ideia!!!
    Adoro teu blog...q tipo de oleo usaste nas lamparinas? Abraçao Vlw

    ResponderExcluir
  3. Oi,como sempre suas ideias são otimas...Realmente numa festinha entre amigos ficaria demais.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa dica...dimais!
    Abraço:)

    ResponderExcluir
  5. Flávio,
    gostaria de divulgar essa lamparina no meu blog, com seus devidos créditos.
    Será que você me permite?
    Aguardo sua resposta.
    Abraço:)

    ResponderExcluir
  6. gostei, sempre boas ideias.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  7. obrigado pelas visitas, gnt!

    Junior, onde peguei essas fotos diz para se usar óleo de cozinha, mesmo!
    Janice, pode e agradeço os créditos sim!Mas a idéia não é minha, achei no Re-nest, ok?

    ResponderExcluir
  8. Fernanda Oliveira29 de julho de 2009 10:34

    Flávio, você é mesmo um gênio!!! E seu blog extremamente inspirador... obrigada por taaaaantas idéias para minha casinha nova!

    ResponderExcluir
  9. Adorei!!! Mais uma idéia para minha casinha...

    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Achei esse blog maravilhoso,Já é meu favorito!!!!Obrigada por ensinar.O mundo será melhor com pessoas como você!!Jaguarão RS.

    ResponderExcluir
  11. realmente é muito bom!!!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  12. Adorei, estou divulgando o seu post no meu Arte do Bem Feliz.
    www.artedobemfeliz.blogspot.com
    Thienne

    ResponderExcluir

terça-feira, 28 de julho de 2009

Lamparinas

Faltou luz e você vai ter que acender algumas velas?Ou vai rolar uma festinha em casa, e você quer criar um clima aconchegante?Ou está afim de economizar velas e a mãe natureza?Que tal usar uma tecnologia milenar, a das lamparinas de óleo?

Você vai precisar de uns vidros de geléia, desses pequenos.Ou de qualquer vidro pequeno com tampa rosqueada.E para fazer o pavio, um cordão que se chama rabo-de-gato, que você compra em qualquer bazar ou armarinho e óleo de cozinha, pode ser de soja, de girassol, de milho, de canola (para um foguinho mais diet rsrsr), só tem que ser óleo novo, sem ter sido usado...

Com cuidado, faça um furo na tampa, o suficiente para passar o cordão.

Com o cordão previamente encharcado de óleo, atravesse-o na tampa, deixando uma ponta para fora.

Importante: não encha de óleo o vidro todo, deixe uma área de uns dois dedos livre.Porquê? Porquê sim, é necessário esse espaço de "respiro", até para não manter o óleo muito perto do calor da chama em si...afinal, queremos fazer uma lamparina e não um coquetel molotov rsrsrsr

E tchananamm: uma lamparina á oleo, sucesso e eficiência desde os antigos sumérios, egípcios, chineses e outros povos antiguésimos.
Claro que é legal achar uns vidros com um formatinho bacana, diferente, dar uma passada de bombril na tampa para apagar coisas escritas ali, tirar o rótulo do vidro, dar um toque pessoal na lamparina com uma pinturinha ou detalhe no vidro...invente, tente, faça diferente rsrsrsrsr

15 comentários:

  1. MUITO BOMMM!!!!
    ADOREI,UM CHARME A MAIS P NOSSAS FESTINHAS NA VARANDA...
    BJS!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal Flavio, adorei a ideia!!!
    Adoro teu blog...q tipo de oleo usaste nas lamparinas? Abraçao Vlw

    ResponderExcluir
  3. Oi,como sempre suas ideias são otimas...Realmente numa festinha entre amigos ficaria demais.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa dica...dimais!
    Abraço:)

    ResponderExcluir
  5. Flávio,
    gostaria de divulgar essa lamparina no meu blog, com seus devidos créditos.
    Será que você me permite?
    Aguardo sua resposta.
    Abraço:)

    ResponderExcluir
  6. gostei, sempre boas ideias.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  7. obrigado pelas visitas, gnt!

    Junior, onde peguei essas fotos diz para se usar óleo de cozinha, mesmo!
    Janice, pode e agradeço os créditos sim!Mas a idéia não é minha, achei no Re-nest, ok?

    ResponderExcluir
  8. Fernanda Oliveira29 de julho de 2009 10:34

    Flávio, você é mesmo um gênio!!! E seu blog extremamente inspirador... obrigada por taaaaantas idéias para minha casinha nova!

    ResponderExcluir
  9. Adorei!!! Mais uma idéia para minha casinha...

    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Achei esse blog maravilhoso,Já é meu favorito!!!!Obrigada por ensinar.O mundo será melhor com pessoas como você!!Jaguarão RS.

    ResponderExcluir
  11. realmente é muito bom!!!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  12. Adorei, estou divulgando o seu post no meu Arte do Bem Feliz.
    www.artedobemfeliz.blogspot.com
    Thienne

    ResponderExcluir