segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Bancos de dormentes



Sabe dormente, aqueles troncos de madeira cortados em forma retangular, que apóiam trilhos de trem? Então, dá pra fazer uns bancos bem legais para o jardim, como se vê nessas fotos....Além de serem super resistentes, podendo ficar anos a fio ao ar livre, eles tem um visual lindo...estou super afins de fazer um banco destes, pro meu jardim.Repare na mesa, na foto de baixo (aliás, repare na foto toda) : a mesa tem os pés feitos com troncos mesmo, com raiz e tudo, e o tampo é uma fatia grossa de tronco, quase uma chapa...No piso, em ambas as fotos, ao invés de grama, pedriscos bege e placas de ardósia.Emcobrindo o muro, esteiras de bambú...Ao fundo, rola até um aparador, e a iluminação com luminária de papel, dessas orientais...Um luxo só, adorei! Na ponta do lápis, um ambiente que não sai caro para produzir, em relação à um jardim convencional...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Bancos de dormentes



Sabe dormente, aqueles troncos de madeira cortados em forma retangular, que apóiam trilhos de trem? Então, dá pra fazer uns bancos bem legais para o jardim, como se vê nessas fotos....Além de serem super resistentes, podendo ficar anos a fio ao ar livre, eles tem um visual lindo...estou super afins de fazer um banco destes, pro meu jardim.Repare na mesa, na foto de baixo (aliás, repare na foto toda) : a mesa tem os pés feitos com troncos mesmo, com raiz e tudo, e o tampo é uma fatia grossa de tronco, quase uma chapa...No piso, em ambas as fotos, ao invés de grama, pedriscos bege e placas de ardósia.Emcobrindo o muro, esteiras de bambú...Ao fundo, rola até um aparador, e a iluminação com luminária de papel, dessas orientais...Um luxo só, adorei! Na ponta do lápis, um ambiente que não sai caro para produzir, em relação à um jardim convencional...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário